Ser Honesto Sobre o Seu Orgasmo Pode Ser a Chave para um Melhor Relacionamento

Certeza de que, ficando fora, certamente, nem sempre tem de ser o fim de tudo-ser-tudo de bom sexo. (Acho…), Mas de acordo com especialistas, colocando o trabalho em descobrir como conseguir mais orgasmos, e recusando-se para sempre falso com seu parceiro, pode ser a chave para encontrar o amor duradouro.

Pesquisa mostra que 80% das mulheres fingido um orgasmo pelo menos uma vez, e um estudo recente, publicado em a Vida Sexual de Estudantes Universitários, sugere que entre as mulheres coeds, fingir que está realmente em ascensão. O que significa que um monte de mulheres pode estar perdendo muito mais do que apenas orgasmos.

“Mulheres procurando por uma duradoura relação de compromisso probabilidade de ter um estádio idéia do seu nível ideal de intimidade emocional,” Kristin Marie Bennion, certificado de terapeuta sexual e proprietário de Conexões Íntimas de Aconselhamento, diz WomensHealthMag.com. “Tendo honesto conversas sobre as necessidades sexuais tão cedo quanto são relevantes podem trazer idéias maravilhosas sobre compartilhados relação de valores como honestidade, [e] a capacidade de ser receptivo a comentários e priorizar o bem-estar de outra pessoa sobre o seu próprio ego.”

Os tipos de valores compartilhados são fortes indicadores para saber se um relacionamento vai funcionar a longo prazo. Falar sobre sexo e o seu próprio orgasmo cria uma oportunidade perfeita para começar a descobrir se um romance vai ser sustentável, e para começar a configurar os blocos de construção de confiança e amor.

O Problema com Imitações
“Há muitas razões pelas quais mulheres evitar a desconfortável conversas e falso orgasmo”, diz Bennion. “[Mas] se a intimidade compartilhado e o prazer são os valores desejados dentro do relacionamento, manter esta vacância padrão pode vir em uma infinidade de custos.”

Esses custos podem incluir não só a insatisfação sexual, Bennion diz, mas também de longo prazo, ressentimento, sentimento de traição ou o embaraço se e quando a verdade vem de fora, e, talvez mais importante, “inúmeras oportunidades perdidas para aprofundou emocionais e físicos da intimidade.”

Como Darcy Sterling, Ph. D. (que ensina habilidades de relacionamento para celebridades no E! mostrar Famosa Único)diz Womenshealthmag.com “Se você não pode expressar as suas necessidades no quarto, a minha aposta é que você tem dificuldade em expressá-los fora do quarto. É o mesmo emocional muscular.” Sterling explica que o processo de aprendizagem seja confortável dizendo ao seu parceiro como você precisa deles para o prazer, você é especialmente difícil para as mulheres, porque somos treinados para ser educado e certifique-se de que todos ao nosso redor é satisfeita, mesmo que isso signifique sacrificar a nossa satisfação em retornar.

Quem é Fingir Mais?
As mulheres não são os únicos que podem sucumbir a pressão falso, embora os homens falsos orgasmos, muito (Apesar de interessante notar que o “orgasmo” hiato é ainda muito real). Um estudo recente descobriu que 50% dos homens com idades entre 18 e 29 anos tinham fingido um orgasmo pelo menos uma vez em um curto período de quatro meses, por muitas das mesmas razões que as mulheres fazem. Reta mulheres, o que é.

Viado, gay e bissexual mulheres lidam com seus orgasmos de maneira um pouco diferente. Estudos têm mostrado que as mulheres lésbicas e bissexuais em relações do mesmo sexo têm mais orgasmos do que sua reta homólogos e são menos propensos a fingir orgasmos. De acordo com a Sterling, a explicação para isso é provavelmente uma bastante óbvia. “Eu acho que as mulheres são mais clara sobre como fazer uma mulher ao orgasmo”, diz ela. Sterling também observa que as mulheres podem estar mais dispostos do que os homens para receber a orientação de seus parceiros.

Em última análise, isso tudo se resume às formas pelas quais homens e mulheres têm sido socializados de forma a interagir e a construir expectativas em torno do sexo. Enquanto as mulheres geralmente aprendemos que devemos ser educados e solícitos, os homens aprendem que devem ser assertivo e dominante. Cultura Pop sugere que os homens são sexualmente voraz e sempre pronto para ir em um momento de atenção, enquanto as mulheres são suposto ser o casto gatekeepers à sexualidade dos homens. E o principal, porn reta sugere que é normal (e desejável) para todos nós, para dar prioridade a um homem o prazer sexual através de uma mulher.

Ser Honesto Sobre Seus Orgasmos
Então, como podemos superar essas arbitrário papéis de gênero, que muitas vezes são prejudiciais para os homens, as mulheres e as relações que compartilhar? Temos um longo caminho a percorrer, mas o orgasmo honestidade é um grande começo.

“Se uma mulher se sente ela pode ser escorregar em um padrão de fingir orgasmos, é ótimo para começar a fazer algumas perguntas,” Bennion diz. “Aqui estão algumas que ela pudesse considerar: o Que é ficar no caminho de ser honesto sobre minhas necessidades sexuais? O que estou evitando? Como o meu parceiro de responder aos meus desejos em outras áreas da nossa relação?”

Bennion também apontou que, mesmo se o processo de descobrir como ter orgamos com um parceiro se sente estranho, às vezes (você provavelmente vai ter que gastar um monte de tempo a descobrir o que não funciona, para chegar ao que faz), o processo de aprendizagem acabará por trazer você para mais perto.

“Os parceiros podem aprender a abraçar sexual semelhanças e diferenças como uma aventura para ser apreciado em conjunto”, diz ela. “Através do mistério e a rotina, o ‘inferno’ sim ‘ e o ‘que não correu muito bem”, e através de todas as íntimo descobertas que serão feitas ao longo do caminho.”

Leave a Reply